Relatório pré-mercado | exclusividade corptrader

Mercados seguem otimistas com acordo comercial de primeira fase e com o programa de estímulo chinês. A economia do Reino Unido dá sinais de resiliência e o Brasil tem agenda cheia e drivers para a Bovespa se formando no congresso.

*

Na Asia, os mercados fecharam em altas generalizadas, com destaque para o Japão, que subiu 1,74%, em volta de feriado. Na China, a alta foi de 0,54% mas o principal destaque foi o Yuan, que se valorizou novamente e já está abaixo de 7 por Dólar, cotado agora a 6,99. Entre os principais eventos, o presidente Xi anunciou a redução de juros do banco central chinês orientados aos bancos comerciais ligados à infra-estrutura. Também manifestou interesse na celeridade do acordo comercial. Hong Kong fechou em alta de 0,49% e a Austrália fechou quase estável, com valorização de 0,15% e com continuidade de alta das mineradoras. O minério de ferro se valorizou 0,57% em Dalian, cotado agora a US$89,00 por tonelada.

*

Na Europa, apesar dos sinais mistos, há um ambiente otimista, depois que o índice PMI de serviços do Reino Unido veio precisamente em 50, no limiar da expansão/contração. A expectativa era de um PMI em 49,7, mostrando continuidade da constração. O número anterior foi de 49,5. Mercados europeus também seguem otimistas com os desdobramentos da China para garantir a expansão e os acordos comerciais de primeira fase.

*

Nos Estados Unidos, os mercados abrem positivos mas com certa cautela devido ao horário. O petróleo sobe 0,78% e o Dólar tem leve alta no cenário internacional. O índice S&P500 renovou a máxima histórica e segue cauteloso na sua continuidade de alta.

*

Aqui no Brasil, vésperas de leilão da cessão onerosa e o BC divulga a ata do último Copom com um tom de alinhamento com o discurso do Roberto Campos Neto, para um próximo corte, salientando a capacidade ociosa e a margem de segurança monetária por conta da baixa inflação e câmbio ajustado. Deixa claro também o risco internacional e a redução do Estado na política de crédito. Hoje o presidente Bolsonaro, bem como seu ministro Paulo Guedes, irão ao Senado entregar a PEC do pacto federativo e da desindexação de receitas. Ontem o Itau reportou lucro de R$ 7,1 bilhões no trimestre. O cenário sugere continuidade da alta da Bovespa com atmosfera otimista, no entanto, alguns ruídos relacionados ao leilão podem conter o movimento.

*

Devido à temporada de balanços, as recomendações seguem suspensas, mas salientamos o bom momento das empresas brasileiras.

Ótimos negócios!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *